oque.jpg

O que é, o que é?
O pajé e as crianças numa aldeia Guarani
Autor: 
Edição: 1ª Edição
Formato: Impresso
Ilustração: Mauricio Negro
Faixa etária: A partir de 06 anos
Trabalho interdisciplinar: Português
Indicação: 1º Ano (EF1), 2º Ano (EF1), 3º Ano (EF1), 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)
Área: Ficção
Assunto: cultura guarani, enigmas, jogos verbais
Temas contemporâneos: Pluralidade Cultural
Dimensões do produto: 20,50 x 24,00 x 0,50
Número de páginas: 40
ISBN: 9788516094324

Leitura indicada para:

Projeto Araribá Plus

Disciplina: Arte (Araribá Plus)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 02

Disciplina: Arte (Araribá Plus)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 09

Disciplina: Arte (Araribá Plus)

Volume/Ano: 7º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 06

Disciplina: Arte (Araribá Plus)

Volume/Ano: 7º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 07

Projeto Buriti

Disciplina: História (Buriti 3a edição)

Volume/Ano: 4º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 2

Disciplina: História (Buriti 4º edição)

Volume/Ano: 4º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 02

Projeto Buriti 4a edição

Disciplina: História (Buriti 4º edição)

Volume/Ano: 4º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 02

Projeto Presente 4ed

Disciplina: Língua Portuguesa (Presente 4ed)

Volume/Ano: 2º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 02

Preço sugerido: R$ 48,00
Mudar o tamanho da letra  
 
 Prêmios

FNLIJ CATÁLOGO DE BOLOGNA 2015


ACERVO BÁSICO 2015 – CATEGORIA INFORMATIVO

 

 Sobre o livro

Mbaravija, ou adivinhação, é uma arte verbal apreciada pelos Guarani. Com criatividade e perspicácia, formulam-se perguntas desafiadoras que estimulam aqueles que estão a sua volta a encontrar as respostas. Neste livro, o antropólogo Luís Donisete Benzi Grupioni nos mostra como funciona a brincadeira numa aldeia indígena, apresentando seus costumes e sua cultura de maneira lúdica e divertida.

Sobre o autor
Luís Donisete Benzi Grupioni
Luís Donisete Benzi Grupioni nasceu e vive em São Paulo. Antropólogo, estudou Ciências Sociais na Universidade de São Paulo, onde fez mestrado e doutorado em Antropologia Social. Realizou pesquisa de campo entre os Bororo, no Mato Grosso, e entre os Zo'é e Tiriyó, no norte do Pará. Atualmente é coordenador do Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé), organização que atua entre os povos indígenas no Amapá e norte do Pará, e secretário-executivo de uma rede de cooperação entre organizações indígenas e indigenistas que trabalham na Amazônia (RCA).
Datas comemorativas
19 de abril - Dia do índio
Você pode se interessar por:
 
 
 
 
© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.