Capa_A dama das camelias_FINAL-1.jpg

A Dama das Camélias
Autor: 
Formato: Impresso
Adaptação: Walcyr Carrasco
Tradução: Walcyr Carrasco
Ilustração: Weberson Santiago
Faixa etária: A partir de 13 anos
Trabalho interdisciplinar: Arte, História, Português
Indicação: 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2)
Área: Ficção
Assunto: Ciúmes, Doença, Paixão, Prostituição
Temas contemporâneos: Ética
Dimensões do produto: 16 x 23
Número de páginas: 152
ISBN: 9788516080365
Literatura indicada para: Projeto Araribá
Preço sugerido: R$ 54,00
Mudar o tamanho da letra  
 
 Prêmios

FNLIJ ACERVO BÁSICO 2003

 

 Sobre o livro

Alexandre Dumas Filho narra a história de uma cortesã francesa, seu apogeu, sua derrocada e, em meio aos altos e baixos, o encontro com o verdadeiro amor - na pessoa do jovem Armand Duval, pobre o suficiente para não conseguir sustentá-la, apaixonado o bastante para fazê-la descobrir a verdadeira essência do que é amar.

A Dama das Camélias é um livro que trata de forma pungente da moralidade, da soberania do perdão, da humildade dos sentimentos e da resignação.

Sobre o autor
Walcyr Carrasco
Walcyr Carrasco nasceu em 1 de dezembro de 1951 em Bernardino de Campos, São Paulo. Formou-se em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e atuou em vários órgãos importantes de imprensa. É autor de livros, peças de teatro e novelas de televisão, a maior parte delas exibida pela Rede Globo de Televisão. Já recebeu o prêmio Jabuti pela tradução e adaptação de "Romeu e Julieta" para jovens. Em teatro, o Prêmio Shell por "Êxtase". Em televisão, entre muitos prêmios, destaca-se o EMMY internacional por "Verdades Secretas".
Alexandre Dumas Filho
Alexandre Dumas Filho nasceu em Paris, em 1824, e tornou-se célebre pelo livro e pela peça A Dama das Camélias, que escreveu inspirado em uma personagem real. Escritor e dramaturgo, deixou diversas obras, entre elas O Filho Natural e Meio Mundo. Quase todos os seus textos enfatizam um propósito moral. A fama e o talento do pai, Alexandre Dumas, não fez sombra aos excepcionais méritos literários de Dumas Filho, que, ao falecer em 1895, já era considerado um dos maiores nomes da literatura do século XIX.
Marisa Lajolo
Nasceu em São Paulo, em 1944. Cursou Letras na Universidade de São Paulo, onde também concluiu mestrado e doutorado. Foi professora Titular do Departamento de Teoria Literária da Unicamp. Com o apoio do CNPq e da Fapesp, coordena o projeto Memória da Leitura (http: // www.unicamp.br/iel/memoria). Publicou vários livros, além de ter organizado inúmeras antologias e publicado artigos em revistas especializadas no Brasil e no exterior.
Datas comemorativas
20 de março - Dia Internacional do Contador de Histórias
Você pode se interessar por:
 
 
 
 
© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.